Comodidade

Onde estamos

Caminhada:

     A primeira coisa que devemos ter em mente é que os cães não pediram para entrar nas nossas casas, nós fizemos esta escolha e com essa decisão devemos assumir a responsabilidade de dar uma vida digna aos nossos peludos.

     Os exercícios físicos feitos com regularidade ajudam a evitar o estresse que pode se desenvolver pelo fato do peludo ficar o dia inteiro preso e/ou sozinho, que é muito comum aos cães que vivem nas grandes cidades. Mas, não é só por isso que os cães devem fazer exercícios. Vamos tentar imaginar um cão e sua matilha na natureza. Será que eles ficam esperando um potinho de ração aparecer? Será que eles passam o dia inteiro dormindo? Será que eles que ficam roendo alguma árvore para passar o tempo? Tenho certeza que não.

     Na natureza os cães precisam caçar para sobreviver, e não é uma tarefa fácil, pois eles passam mais de 10 horas por dia a procura de comida, ou seja, sua estrutura física foi feita para longas caminhadas e passar horas farejando.

     É verdade que nem todas as raças precisam de tanto exercício assim. Com a interferência dos homens criando novas raças essa estrutura foi sendo alterada para termos, por exemplo, os cães de companhia. Você consegue imaginar um Shih-Tzu caminhando por 10 horas? Por isso precisamos achar o equilíbrio, não podemos levar um Pug para uma maratona, e também não podemos achar que 15 minutos de caminhada para um Border Collie será suficiente. Porém, não importa a raça do seu peludo, todos os cães precisam de exercícios físicos.

            Os benefícios que os exercícios trazem para os peludos são vários:

 
* Ajuda a evitar o estresse - infelizmente este tipo de problema tem afetado nossos peludos. Com o aparecimento do estresse alguns cães ficam mais agressivos, ansiosos, depressivos, desenvolvem distúrbios de automutilação, ficam extremamente grudados em seus donos a tal ponto de não deixarem que outras pessoas se aproximem.

* Fortalece a união entre dono e cão, diminuindo problemas de falta de hierarquia – Cães que passeiam regularmente com seus donos tendem a ser mais cooperativos e a aceitar melhor os comandos e o treinamento de obediência. É que as caminhadas fazem com que o cão se sinta mais próximo de sua matilha e por isso respeite mais a hierarquia estabelecida.

* Ajuda a manter os peludos em forma e com saúde, aumentando o tempo de vida - doenças como a obesidade, dificuldades cardiorrespiratórias, predisposição à diabetes estão se tornando cada vez mais comum nos peludos que não fazem exercícios.

* Ajuda a evitar destruição - Evita que o peludo se meta em encrencas como a destruição de móveis, roupas, portas, jardins, paredes (acreditem existem cães tão estressados que destróem até paredes).

* O peludo fica mais tranqüilo - Assim como nós humanos o exercício regular fortalece os músculos, melhora a circulação sanguínea provocando uma melhor oxigenação dos tecidos ajudando a limpar as células de toxinas, aumentam a quantidade de serotonina liberada no organismo, que torna o cão mais relaxado e feliz.

* Evita brigas entre cães da mesma casa – com os passeios é possível criar um sentido de matilha, além disso, mantendo os peludos cansados eles vão pensar duas vezes antes de começar um briga.